O Ave Migratória

Assim como as aves migratórias precisam percorrer longas distâncias para garantir a sua sobrevivência, nós, seres humanos, precisamos viajar, conhecer culturas, lugares e pessoas diferentes. Desta forma teremos maiores possibilidades de rever nossos valores e crenças. Ave Migratória, viagens, cultura, lugares, pessoas e arte do Brasil e do mundo.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

PANAMÁ

Amigos do "Ave Migratória", depois de muita demora finalmente aí estão as fotos da minha viagem ao Panamá.

Informações importantes:
Moeda - Balboa (valor similar ao dolar)
Tempo de viagem - 7h
Idioma - Espanhou e inglês
Passagem - R$1.200,00
Site oficial - www.visitpanama.com

Depois de 7 horas de vôo partindo de Belo Horizonte chegamos ao Panamá, país de gente hospitaleira, origem do sangue latino, mas de cultura completamente americana.

Chegando no Panamá temos a impressão que estamos chegando em Manhattan em função das avenidas e dos prédios gigantescos.


Vista do apartamento onde nos hospedamos no Panamá.


 


Além dos shoppings, bares e cassinos, vale um passeio pelo Panamá Viejo, bairro histórico que representa a arte e a cultura do país.




  
 


O Canal do Panamá é mais um ponto que não pode deixar de ser visitado.



Acompanhando a travessia de um dos enormes cargueiros que passarm por alí  diariamente.




O Panamá possui belas ilhas que merecem uma visita. A Ilha dos Cachoros está localizada á 1h30 de carro e 35 min de barco.










Outra ilha que não pode deixar de ser visitada é Bocas Del Toro, com turistas de todas as partes do mundo e lindas praias onde o albergue Gran Kahuna proporcionou grandes amizades. A viagem até a lha leva em torno de 45 min voando pela  Air Panamá


Uma uruguaia, um carioca e dois mineiros.



A Janaina com a amiga holandesa e os nativos.



Churrasco e jantar preparado pelos chilenos na despedida do albergue Gran Kahuna.




Depois de conhecer os pontos turísticos vale uma sessão de compras nos shoppings do Panamá, especialmente o Multiplaza, onde os turistas ganham um cartão especial de desconto apresentando o passaporte. O Panamá é uma área livre de impostos o que faz com que os preços sejam tão atraentes , em torno de 40% dos praticados no Brasil.

Lojas para se entregar ao comsumo no shopping Multiplaza.




























Depois da sessão de compras partimos para Cuba sobrevoando o Mar do Caribe.


Um comentário:

Andreia Costa disse...

super, pode contar mais!!!!